De profissionais


A melhor no que faz – Kiah Martin, uma das melhores arboristas no mundo

Lembra de quando você era uma criança e subia em árvores? Algumas pessoas continuam a subir e se tornam arboristas. E algumas delas se tornam as melhores do mundo. Uma dessas superprofissionais é Kiah Martin, arborista campeã mundial, moradora de Melbourne. Esta é a história dela.

"Meu primeiro contato com árvores, como profissional, foi durante um projeto de reabilitação de mata nativa no início dos anos noventa. Essa interação despertou meu interesse no campo da arboricultura e, no final dos anos 90, embarquei em outros estudos baseados na indústria no Burnley College, em Victoria.

"Achava que chegar daquele galho a este galho simplesmente não era possível. Mas a verdade é que era possível!"


"Inevitavelmente, no curso era necessário subir em árvores e, apesar da minha crença inicial de que "chegar daquele galho a este galho" não era possível, eu consegui dar um jeito de "chegar ao galho" e vi que, na verdade, era possível. Consegui concluir meu "treinamento em árvores" e fui gerenciar as árvores no Jardim Botânico Real em Melbourne e Cranbourne, onde fiquei pouco mais de dez anos."

"Eu tive vários outros trabalhos antes e depois desse, mas, em última instância, meu pequeno empreendimento, Treestyle Pty Ltd, me mantém bastante ocupada."

"Eu vivo e trabalho em Melbourne há quase de vinte anos e tenho tido a sorte incrível de, durante esse tempo, trabalhar com alguns dos mais conhecidos alpinistas de árvores e pessoas do setor aqui em Victoria, em todo o país e em todo o mundo."

"Estou trabalhando no momento para todos os tipos de clientes privados, terceirizando meus serviços, trabalhando com alunos de arboricultura com nível de certificado e ainda voluntariando meu tempo para as muitas e variadas organizações em que tive a sorte de estar envolvida ao longo dessas duas décadas."

Como você descreveria seu ambiente de trabalho?

"Ao ar livre! Meu trabalho é variado; vai desde uma combinação de trabalho de solo e aéreo, incluindo subir em árvores e operações com plantas e equipamentos, até aconselhamento e instrução de alunos de arboricultura, membros do comitê de discussão e debates sobre os benefícios das árvores e seu valor e importância na comunidade."

"Tenho tido a sorte incrível de trabalhar com alguns dos mais renomados alpinistas de árvores e pessoas do setor em todo o país e em todo o mundo."


Quais são os principais desafios em trabalhar com manutenção de árvores na Austrália?

"O clima, as variações na habilidade e experiência do operador, as expectativas desafiadoras do cliente e ver que, às vezes, não há número suficiente de horas no dia."

Quais os fatores mais importantes para você ser capaz de fazer um bom trabalho?

"Planejamento detalhado e clareza no trabalho desde o início. Seguidos por habilidades de escalada, competência técnica e atenção aos detalhes nas copas. A eficiência e a eficácia de uma equipe de terra atenta também são importantes. E, obviamente, uma limpeza cuidadosa e bem pensada pela equipe toda após a conclusão do trabalho."

É um desafio, em termos de segurança, trabalhar com motosserras escalando árvores?

"Certamente é. É por isso que uso roupas de alta visibilidade por todo o caminho, com calças com proteção robusta contra motosserras e uma jaqueta resistente que veste confortavelmente na maioria das condições climáticas. Também uso sapatos fortes para escalada, botas de trabalho reforçadas para todos os trabalhos em solo e o capacete de segurança de costume com proteção auricular e, de preferência, com cores de alta visibilidade ou fortes. Os óculos de segurança são combinados de acordo com as condições, âmbar, acinzentado ou polarizado, e eu geralmente nunca trabalho sem luvas."

Como seria um dia normal para Kiah Martin?

"Um 'dia normal' com as ferramentas deve começar às 7h30 no local. A equipe se junta e fazemos uma inspeção do trabalho e discutimos todos os trabalhos necessários e quaisquer itens específicos na folha de trabalho ou os ajustes necessários. Todos nós assinamos e vamos até as árvores ou os locais aos quais fomos designados. Trabalhamos em conjunto como uma equipe e nos comunicamos claramente.

"Sempre que possível, o ruído é mantido em um nível mínimo e todos trabalham com cuidado e de forma mais eficiente com qualquer equipamento de frota adequado à tarefa em questão. O dia geralmente envolverá muitas subidas em árvores, portanto, há o envolvimento de kits de escalada e cenários com cordas, incluindo várias serras de escalada e de solo e máquinas grandes, e, inevitavelmente, temos que fornecer nossos subprodutos para reutilização no jardim de um outro cliente nas proximidades.

"O almoço, com frequência, coincide com a entrega de uma manta de adubação, seguido por mais do mesmo até que possamos concluir a missão, organizar o local completamente, verificar com o cliente se ele está totalmente satisfeito e, em seguida, voltar para o nosso ponto de partida. Dito isso, a grande maioria dos dias é extraordinária – porque as equipes são incríveis e o trabalho é sempre um desafio."

Qual é a sua ferramenta de trabalho mais valiosa?

"Seria um cubo contêiner da Faltheimer, completo com linha e três sacos da Harrison Rocket. Uma segunda ferramenta seria a minha motosserra com punho superior, a Husqvarna T540XP, capaz de lidar com quase todo o trabalho de uma remoção de tamanho considerável."

O que a marca Husqvarna significa para você?

"Forte herança, parcerias robustas e tecnologia de ponta. Mas também um compromisso genuíno com equipamentos modernos, dedicação ao setor e equipamentos confiáveis em todas as circunstâncias."

Arboristas de todo o mundo competem para provar suas habilidades e seu profissionalismo. Kiah Martin é uma das arboristas mais bem classificadas no mundo e seu currículo fala por si só. Ela foi reconhecida e ganhou inúmeros prêmios no International Tree Climbing Championship (ITCC), no Asia Pacific Tree Climbing Championship (APTCC) e no Australian Tree Climbing Championship (ATCC).

Artigos relacionados

  • TrioBrake feature
    Floresta

    Trabalho mais seguro em ritmo acelerado ao longo dos corredores das linhas de energia

    As coisas se movem rapidamente quando uma equipe está derrubando árvores e cortando galhos ao longo de um corredor de linha de energia. É um serviço difícil e requer alta precisão em todos os momentos. Gerry Breton, Diretor de Segurança na Lucas Tree Experts, decidiu antecipadamente investir nas motosserras Husqvarna com o exclusivo freio de corrente TrioBrake. O investimento se mostrou lucrativo. O usuário da motosserra Bill Raleigh e seus colegas agora trabalham com mais inteligência - usando melhores técnicas de trabalho e operando com mais segurança e ergonomia.

  • AutoTune - PR image
    Floresta

    Exploração eficiente no calor em altitude elevada

    É um local remoto, quente e seco no alto das montanhas. Grandes árvores são derrubadas aqui em uma frequência maior nas encostas íngremes. É um ambiente difícil, que exige muito dos madeireiros e de suas máquinas. Jaime Wagenfuhr e seu filho Graham estão adorando cada minuto. Usar as motosserras com o carburador AutoTune de regulagem automática permite que elas trabalhem desimpedidas e de forma mais eficiente - em todas as altitudes e em todas as temperaturas.