Irrigar ou não irrigar, eis a questão

Garantir que o relvado receba a quantidade certa de água é uma parte vital para mantê-lo em perfeitas condições. Ser capaz de dizer quando e com que frequência o campo precisa de água pode economizar muito tempo e dinheiro, além de eliminar problemas que podem resultar em trabalho extra ainda mais caro e demorado. A questão é: estamos, em geral, a irrigar em demasia?

“Uma enorme quantidade de dinheiro pode ser economizada”

Simeon Liljenberg é o responsável pelo relvado do estádio nacional sueco de futebol, a Friends Arena. Segundo ele, muitos zeladores de relvados devem considerar a reduzir a irrigação. “Muitos campos recebem muita água. De facto, uma enorme quantidade de dinheiro poderia ser economizada reduzindo drasticamente a irrigação”, afirma Simeon. O excesso de irrigação é má  sob três perspetivas. Em primeiro lugar, todos devemos usar a água com sabedoria, pois poderá haver uma escassez de água em muitas partes do mundo no futuro. Em segundo lugar, a irrigação geralmente exige muito tempo e esforço: principalmente quando se trata de se deslocar, instalar e ajustar equipamentos. Finalmente, um suprimento constante de água em abundância leva a sistemas radiculares rasos, o que pode aumentar o crescimento das ervas daninhas. A regra básica é: irrigar muito, mas não com muita frequência.

Conheça o seu campo corretamente

É importante estudar o seu relvado e conhecê-lo muito bem. “É uma questão de aparência”, diz Simeon. Ele recomenda que dê um passeio pelo campo, para a frente e para trás, para descobrir como é a sensação. É macio e talvez super irrigado? E como são as plantas da relva? São flácidas e, em caso afirmativo, é consequência do excesso de água ou talvez de má fertilização? Observações como essas fornecem uma boa base para investigações adicionais e o potencial para estabelecer boas rotinas de irrigação.
Automower sports content - Story 2 photos

Comece a confiar mais nos factos

É hora de parar de adivinhar e acreditar em velhas “verdades” sobre a frequência com que um campo deve ser irrigado. “Todo o jardineiro deve usar um medidor de humidade do solo”, diz Simeon. É um investimento bastante pequeno que realmente poderia ajudar a economizar muito tempo e dinheiro. “Irrigar um campo durante a noite pode custar centenas de euros. Então, eu diria que o tempo de pagamento para um medidor de humidade do solo é normalmente de apenas algumas semanas.” O teor de humidade deve ser de 20 a 25%, dependendo da base do campo. Por exemplo, um campo num leito de areia geralmente requer mais água, o que significa um teor de humidade um pouco maior. “Todos os campos de futebol são diferentes. É tudo sobre como encontrar o nível de humidade perfeito para cada relvado.”

Muita água pode levar a que problemas?

Ao irrigar com muita frequência, vai aclimatar o campo à rega constante. Isso significa que as raízes param de crescer, pois não precisam de se aprofundar no solo para encontrar a água de que precisam. Muita água pode fazer a relva começar a apodrecer. Também existe o risco de nutrientes importantes serem lixiviados do solo, inibindo o crescimento radicular. Uma superfície muito macia torna o relvado menos resistente ao desgaste e pode resultar em danos graves que levam muito tempo a serem restaurados.
Automower sports content - Story 2 photos

O que pode fazer se o relvado estiver muito húmido e com palha?

As duas melhores formas de curar um campo de futebol encharcado são o arejamento e a adubação superficial. Areje com picos grandes e longos para drenagem vertical. Isso faz com que a água na superfície desapareça e vá fundo no solo. Também aumenta a oxigenação, o que faz com que o relvado seque. “Esta é uma maneira muito eficaz de salvar um campo que tenha um pouco mais de água do que ele consegue aguentar sozinho”, afirma Simeon.

Corte constante — um fator importante

Há uma coisa que os jardineiros podem fazer para facilitar a irrigação eficiente de um campo de futebol: cortá-lo regularmente. Isso torna o Automower® uma opção interessante, de acordo com Simeon. Ele explica: “Como o Automower® está constantemente a cortar a relva, produz aparas muito menores em comparação com o convencional, com menos frequência. As pequenas aparas facilitam o acesso da água ao solo. ” E há um pequeno, mas importante, detalhe: as aparas que o robô corta-relva deixa no relvado são 80% de água.
Automower sports content - Story 2 photos

Leia mais

Está a regar o campo em demasia?

Ser capaz de dizer quando e com que frequência o campo precisa de água pode economizar muito tempo e dinheiro, além de eliminar problemas no futuro. A questão é: estamos, em geral, a irrigar em demasia?
  • Automower sports content - story 1 photos
    Automower® para Clubes Desportivos

    Automower® vs corte convencional

    A Husqvarna está a fazer um teste em que um relvado é cortado por um corta-relva robótico Automower® profissional numa metade e um trator corta-relva no outro. Qual produzirá o melhor relvado de futebol?

  • Automower sports content - Story 3 photos
    Automower® para Clubes Desportivos

    Cinco dicas para criar um campo de futebol à séria

    Sonhava em ter uma relva tão boa quanto a que encontra em Camp Nou ou em Old Trafford? É possível. Simeon Liljenberg partilha as suas cinco principais dicas que podem transformar quase qualquer campo de futebol num relvado profissional.

  • Automower sports content - Story 4 photos
    Automower® para Clubes Desportivos

    Condições perfeitas para um futebol rápido e divertido

    A dureza de um campo pode ter um grande impacto nos jogos disputados. Mas como descobrir se o relvado é muito duro — ou muito suave? Aprenda algumas dicas básicas e como os campos são medidos para os jogos do campeonato.

LOCALIZAR O SEU REVENDEDOR

Ser capaz de dizer quando e com que frequência o campo precisa de água pode economizar muito tempo e dinheiro, além de eliminar problemas no futuro. A questão é: estamos, em geral, a irrigar em demasia?
Poderá ter de permitir que o navegador utilize a sua localização atual
Repor filtros