Floresta

Limpeza de áreas atingidas por tempestades: como se manter em segurança quando a natureza ataca

Famílias presas no interior das suas casas. Árvores que caem na sua direção enquanto trabalha. Como bombeiro numa área frequentemente afetada por tempestades como o Mississippi, Woodman Speights tem muita experiência a trabalhar com motosserras em condições difíceis. Tal como a tarefa arriscada da limpeza de áreas afetadas por tempestades, é algo que apenas deveria ser feito por profissionais qualificados. "Já vi danos muito graves", diz.

576XP - USA version

Desafio principal: Lidar com árvores com tensão

  • Tempo: Depende da quantidade de danos
  • Esforço: Elevada
  • Nível: Profissional

Woodman Speights

Local:

Ponotoc, Mississippi, EUA

Quando se trabalha com motosserras, a limpeza de áreas atingidas por tempestades constitui uma das tarefas mais arriscadas. Estatisticamente, ocorrem mais ferimentos durante o processo de limpeza do que durante a tempestade. Woodman Speights e os seus colegas do corpo de bombeiros de Starkville têm sempre as motosserras à mão, prontos para trabalhar. Durante a última missão relacionada com tempestades, o trabalho de limpeza foi fundamental para alcançar a situação de emergência: uma residência familiar tinha sido atingida por um carvalho de grandes dimensões.

"Recebemos uma chamada sobre uma árvore de grandes dimensões que tinha atravessado o telhado de uma casa. Mas para lá chegar tivemos de remover das estradas as árvores que tinham caído por toda a parte."

A equipa de Woodman utilizou as motosserras para abrir caminho. A tarefa incluía vários desafios, como incêndios elétricos, cabos caídos e detritos.

"O mais importante é manter a calma. Se fizermos as coisas sem pensar, acabamos por nos magoar. E esta é uma má situação para nos magoarmos", diz Speights.

Graças aos voluntários que ajudaram a remover ramos cortados e detritos. a primeira etapa da limpeza concluiu-se em 30 minutos e os bombeiros puderam aceder à casa. Foi nessa altura que descobriram que a copa da enorme árvore tinham bloqueado completamente a entrada e encurralado a família num dos quartos do andar de cima.

"Começámos por verificar se existia tensão nos ramos, mas não existia. Depois cortámos os galhos e abrimos um caminho para a família.”

"O mais importante é manter a calma. Se fizermos as coisas sem pensar, acabamos por nos magoar."


Qual é o conselho mais importante que podem dar aos utilizadores de motosserras no que diz respeito a trabalhos de limpeza após uma tempestade?

"Lembre-se sempre de que se tiver alguma dúvida sobre a sua capacidade de lidar com uma situação, não o faça. Se pensa que pode não ter o equipamento adequado ou experiência suficiente e não se tratar de uma emergência absoluta, deve deixá-lo para um profissional."

7 sugestões de limpeza na sequência de tempestades:

Antes de começar

  1. Observe Faça um inventário dos danos. Caíram cabos ou existem detritos nas árvores ou próximo das mesmas? Existe tensão na madeira que irá afetar o movimento?
  2. Comunique Certifique-se de que todas as pessoas envolvidas no trabalho de limpeza são profissionais que sabem o que estão a fazer. Este trabalho deve ser realizado por pessoas com a formação adequada.
  3. Plano de evacuação Certifique-se de que existe um caminho de evacuação antes de começar a trabalhar.
1. Utilize o equipamento certo

Tem de se certificar de que utiliza o equipamento de segurança adequado para operar a motosserra. Também tem de verificar regularmente as funcionalidades de segurança do equipamento para que estes possam funcionar ao nível esperado. Para além disso, transporte consigo um kit de primeiros socorros e combustível e óleo extra para o equipamento.

Não se esqueça de que o melhor que pode levar consigo quando tem de trabalhar com uma motosserra é um colega. Evite sempre trabalhar sozinho.

"Normalmente temos um chefe que atribui tarefas específicas à equipa. Muitas vezes também há voluntários a ajudar. É importante que todas as pessoas envolvidas comuniquem adequadamente antes de o trabalho começar, já que pode ser difícil ouvirmo-nos uns aos outros com o som da motosserra e a proteção auricular", diz Speights.

2. Planear o trabalho

À medida que se aproxima de uma área afetada por uma tempestade, reserve sempre tempo para avaliar a situação. Caíram cabos ou existem detritos nas copas das árvores? Existe tensão nas árvores e existe alguma árvore desenraizada? Não deve agir na área antes de analisar o que se encontra à sua frente. Também é muito importante planear um percurso de evacuação, caso aconteça alguma coisa.

"O único momento em que se deve ter pressa durante um trabalho de limpeza é se nos apercebemos de que uma árvore está a cair na nossa direção. Nesse momento tem de ser capaz de largar a serra e sair da área através do caminho de evacuação", diz Speights.

3. Cortar onde se encontra a tensão

Um desafio que ocorre muitas vezes no que diz respeito a trabalhos de limpeza após uma tempestade relaciona-se com a tensão das árvores caídas. A tensão pode causar movimentos inesperados quando se cortam as árvores, fazendo com que os ramos ressaltem e o magoem, atinjam o equipamento ou provoquem o deslocamento do tronco e o aprisionem.

Speights explica como lida com uma árvore abatida com tensão:

"Começamos por cortar os galhos mais pequenos para podermos ver e analisar melhor a situação. Em seguida, removemos tanto peso quanto possível antes de cortar os ramos com tensão. Continuamos a fazer um pequeno corte no lado com tensão, para aliviar a tensão ligeiramente, e, com calma e de forma controlada, fazemos mais três ou quarto cortes até aliviarmos a tensão por completo. O mais importante é fazer isto devagar e passo a passo.”

Cutting when tension in fallen tree

Este trabalho é perigoso e só deve ser realizado por profissionais qualificados.

Nos casos de tensão excessiva: Abrir no lado de pressão

Uma variante do que apenas viu do interior do arco (lado de pressão). Faça um corte como uma ranhura direcional aberta com um ângulo de abertura maior. Serre pouco a pouco de ambos os lados até começar a libertar tensão. A tensão é libertada lentamente sob um bom controlo e direção. Tenha cuidado com a extremidade da lâmina de guia de modo a evitar retrocessos.

Nos casos de tensão moderada: Fazer um corte num ponto oposto ao da tensão

  1. Abra uma ranhura direcional no interior do arco do tronco curvado, com cerca de um terço da espessura do tronco.
  2. Sem deixar o interior do arco, corte em pequenas etapas desde o exterior do arco, no centro da ranhura, até o tronco quebrar.

Abater na sequência correta

As árvores abatidas por tempestades devem ser abatidas na direção do vento da tempestade. Não corra nenhum risco e certifique-se de que existe sempre um caminho de evacuação. Comece pelas árvores do topo para reduzir o risco de estas caírem em posições arriscadas e ficar encurralado. As árvores apresentadas na imagem são derrubadas na seguinte ordem: 1, 2, 3 e 4.

  1. Árvore inclinada
  2. Árvore abatida, árvore suspensa/abatida
  3. Árvore desenraizada estendida
  4. Árvore abatida na vertical, cepos elevados
4. Derrubar uma árvore inclinada

Comece por abater a árvore inclinada. As raízes da árvore provavelmente encontram-se sob tensão e a respetiva posição é instável. Por este motivo, nunca deve caminhar sobre a área de abate da árvore. Abata a árvore com um recanto de segurança diretamente para trás ou, em declives íngremes, com um corte em V ou um corte em V profundo. A árvore irá cair lentamente, mantendo-se ligada ao cepo durante a queda, sem se separar do mesmo ou atingir algo.

5. Derrubar árvores abatidas com cumes suspensos
Famílias presas no interior das suas casas. Árvores que caem na sua direção enquanto trabalha. Como bombeiro numa área frequentemente afetada por tempestades como o Mississippi, Woodman Speights tem muita experiência a trabalhar com motosserras em condições difíceis. Tal como a tarefa arriscada da limpeza de áreas afetadas por tempestades, é algo que apenas deveria ser feito por profissionais qualificados. "Já vi danos muito graves", diz.
  1. Comece por cortar o cume para que seja mais fácil de rodar.
  2. Vire a secção quebrada para baixo com um gancho de rotação, uma alça de rotação ou libertando-a com ajuda de uma máquina.
  3. Abata o cepo elevado seguindo o procedimento habitual. No entanto, é necessário ter em atenção que os troncos normalmente caem rápido e podem embater com a extremidade inferior e rolar de forma irregular.
6. Lidar com árvores desenraizadas caídas

As árvores de grandes dimensões desenraizadas nunca devem ser cortadas na extremidade inferior primeiro se existir algum risco de as raízes serem derrubadas na sua direção. Se a árvore inteira tiver de ser processada com uma motosserra, é melhor começar pelo cume. Assim, é libertada qualquer tensão existente antes de chegar às raízes. Comece por podar a árvore para poder verificar facilmente se o tronco está sob tensão. Em seguida, meça o comprimento do primeiro tronco desde o cume e corte o tronco nessa área. Em alternativa, corte o mais longe possível da extremidade inferior, para evitar que as raízes levantem. Em seguida, utilize um trator com uma grua ou um guincho para fazer inclinar a árvore desenraizada com o cepo elevado.

Aviso: Se o tronco tiver sido cortado, nunca se deve deixar a árvore desenraizada na vertical. O não abatimento por completo da árvore pode resultar na queda da mesma sobre transeuntes, podendo provocar ferimentos graves ou morte.

Só se pode cortar a raiz manualmente antes de utilizar a máquina se não existir o risco de a árvore desenraizada ser derrubada. Também tem de estar numa posição segura caso o tronco ressalte.

Se o tronco for cortado pela raiz, este pode deslocar-se lateralmente com muita força. Consequentemente, mantenha o caminho de evacuação atrás de si livre de obstáculos. Situe-se com a árvore desenraizada à sua esquerda e corte o tronco para a direita, a cerca de 0,5 metros para cima. Assim, as suas pernas estarão protegidas caso o tronco ressalte lateralmente quando for cortado.
Cutting uprooted fallen tree Cutting uprooted fallen tree
7. Derrubar árvores abatidas sem cumes suspensos

As árvores partidas e os cepos elevados são abatidos seguindo o procedimento habitual, tal como acontece com as árvores normais. No entanto, é necessário ter em atenção que os troncos normalmente caem rápido e podem embater com a extremidade inferior e rolar de forma irregular.