De profissionais


É um local remoto, quente e seco no alto das montanhas. Grandes árvores são derrubadas aqui em uma frequência maior nas encostas íngremes. É um ambiente difícil, que exige muito dos madeireiros e de suas máquinas. Jaime Wagenfuhr e seu filho Graham estão adorando cada minuto. Usar as motosserras com o carburador AutoTune de regulagem automática permite que elas trabalhem desimpedidas e de forma mais eficiente - em todas as altitudes e em todas as temperaturas.

Estamos nas montanhas em Rainbow Lake, pouco mais de quarenta quilômetros a oeste da cidade de Redding no norte da Califórnia, costa oeste dos Estados Unidos. Jaime Wagenfuhr se assenta aos controles de uma pá carregadeira. Ele levanta e empilha grandes troncos de árvores, aguardando que os caminhões de madeira os levem abaixo via estradas montanhosas e poeirentas.

Jaime começou a trabalhar na floresta por uma mera coincidência. Tendo vivido e trabalhado em Los Angeles por algum tempo, decidiu mudar-se. Tinha necessidade de um trabalho e falou com um amigo que precisava de alguém que soubesse usar uma motosserra.

"Você vê os resultados todos os dias"

"Foi há 30 anos e ainda estou aqui", diz ele, com satisfação. No entanto, hoje em dia Jamie Wagenfuhr tem a sua própria madeireira.

"Eu gosto de ficar ao ar livre, com toda essa beleza à sua volta. É um serviço difícil, mas é divertido e recompensador. Você vê os resultados do que fez ao final de cada dia".

Seu filho Graham concorda. Ele vive na mata desde a infância e foi gradualmente aprendendo sobre a área. Agora ele é um dos que derrubam e podam todas as árvores antes de puxá-las morro acima com os pesados cabos conectados a uma máquina de exploração florestal.

Forestry work around the Rainbow Lake in California

O clima é um desafio difícil

"Como é que não se pode adorar um lugar como este?", afirma Graham, olhando por sobre o vale enquanto ele afia a corrente em uma das motosserras.

"No entanto, apesar de haver uma bela área verde e uma bela vista em todos os lugares em que você vá, lá fora é difícil. Há muitos carvalhos traiçoeiros que podem tornar-se rapidamente uma armadilha mortal se você calcular mal na hora de derrubar", diz Jaime. O clima é outro desafio difícil. As temperaturas muitas vezes passam de 50 graus no verão. E há as diferenças de altitude. Uma semana Jaime, Graham e os outros podem estar trabalhando lá embaixo no vale. Na semana seguinte, eles estão derrubando árvores em altitudes muito maiores.

Se adapta à altitude, à temperatura e ao combustível

Para atender a essas condições variáveis, a Husqvarna 562 XP AutoTune tornou-se parte do maquinário padrão da Wagenfuhrs. Autotune é um recurso que sempre garante o melhor desempenho do motor, regulando automaticamente o carburador com base nas condições presentes. Ele ajusta com precisão o motor de acordo com altitudes e temperaturas altas ou baixas, e também garante que o motor funcione perfeitamente e caso você alterne entre os diferentes tipos de combustíveis (por exemplo, para um combustível com maior teor de etanol).

"Normalmente, quando estamos trabalhando a uma altitude de mais de 1.300 metros, como estamos no momento, nós temos que regular o motor. Mas não temos que fazer mais isso. A motosserra se regula sozinha e trabalha bem em todas as altitudes", diz Jaime.

"A motosserra sempre começa a funcionar rapidamente e funciona sem problemas. Ela também é muito mais afiada do que muitas outras motosserras desse porte", diz Graham.

Usando motosserras Husqvarna há 25 anos

Os Wagenfuhrs só usam serras Husqvarna. A Husqvarna cativou Jamie porque, há muitos anos, seu sogro comprou uma motosserra Husqvarna de segunda mão para serrar toras.

"Até onde eu sei, a Husqvarna faz boas motosserras já há 25 anos. Os custos de operação são baixos, pois elas raramente quebram. Se você tem que substituir serras constantemente, nunca conseguirá fazer o negócio render".

"Isso significa tudo para ter a motosserra sempre funcionando. É tempo, é dinheiro. Tudo funciona corretamente e permite que você trabalhe com eficiência" acrescenta Graham.

Apesar de ser um trabalho difícil, as condições de trabalho melhoraram consideravelmente nos últimos anos. Não havia estradas quando Jaime Wagenfuhr começou a trabalhar no negócio.

"Todos os dias levávamos duas horas para subir o monte para derrubar as árvores", diz Jaime.

Quanto tempo você acha que você vai continuar explorando madeira?

"Provavelmente até que não conseguir mais. Mas eu ainda estou realmente jovem, de modo que ainda vai demorar um pouco. Caso contrário, eu ficaria feliz em ajudar o Graham se ele quiser seguir adiante no negócio em algum momento no futuro".

Graham Wagenfuhr
  • Kiah Martin, Australian arborist
    De profissionais

    A melhor no que faz – Kiah Martin, uma das melhores arboristas no mundo

    Lembra de quando você era uma criança e subia em árvores? Algumas pessoas continuam a subir e se tornam arboristas. E algumas delas se tornam as melhores do mundo. Uma dessas superprofissionais é Kiah Martin, arborista campeã mundial, moradora de Melbourne. Esta é a história dela.

  • TrioBrake feature
    De profissionais

    Trabalho mais seguro em ritmo acelerado ao longo dos corredores das linhas de energia

    As coisas se movem rapidamente quando uma equipe está derrubando árvores e cortando galhos ao longo de um corredor de linha de energia. É um serviço difícil e requer alta precisão em todos os momentos. Gerry Breton, Diretor de Segurança na Lucas Tree Experts, decidiu antecipadamente investir nas motosserras Husqvarna com o exclusivo freio de corrente TrioBrake. O investimento se mostrou lucrativo. O usuário da motosserra Bill Raleigh e seus colegas agora trabalham com mais inteligência - usando melhores técnicas de trabalho e operando com mais segurança e ergonomia.