terça-feira, 5 de junho de 2012

Husqvarna renova Maracanã

O país anfitrião da Copa de 2014 e Jogos Olímpicos de 2016 está ocupado construindo uma infraestrutura que possa lidar com os dois megaeventos. Um dos projetos mais prestigiados é a reforma do Maracanã, o antigo estádio ao ar livre do Rio de Janeiro. E a Husqvarna está orgulhosa de fazer parte deste projeto.

Maracanã, um estádio símbolo

Há um boom da construção no Brasil. O país anfitrião da Copa de 2014 e Jogos Olímpicos de 2016 está ocupado construindo uma infraestrutura que possa lidar com os dois megaeventos. Um dos projetos mais prestigiados é a reforma do Maracanã, o antigo estádio ao ar livre do Rio de Janeiro. E a Husqvarna está orgulhosa de fazer parte deste projeto.
O estádio do Maracanã será a joia coroando a Copa do Mundo e as Olimpíadas, com as partidas de abertura e encerramento dos Jogos Olímpicos e da Copa do Mundo sendo realizadas dentro de seus muros. A arena foi construída para a primeira Copa do Mundo no Brasil em 1950, quando o Brasil perdeu o jogo final para o Uruguai. A expectativa de todos os brasileiros é finalmente ver a seleção nacional vencedora nesse mesmo estádio na Copa do Mundo de 2014.
Antes d isso acontecer, porém, a arena deve passar por uma completa remodelação. Como é um local histórico, sua fachada não será modificada, mas toda parte interior será modernizada para cumprir com as exigências da FIFA. Um trabalho de construção de prestígio, que vale cerca de 500 milhões de dólares.
Parte da renovação do estádio era a remoção das lajes superiores dos corredores que dão acesso às arquibancadas. Cada sala mede cerca de 1500 metros de comprimento e 25 metros de largura e as placas têm uma profundidade de corte de 10 centímetros.

"As cortadoras são ideais para este tipo de trabalho"

A empresa locadora Timbraz é fornecedora das três empreiteiras do projeto de renovação: Odebrecht Infraestrutura, Delta Construção e Andrade Gutierrez. A Timbraz recomendou aos contratantes que utilizassem a cortadora de piso Husqvarna FS 400 para a remoção das lajes."As cortadoras de piso são ideais para este tipo de trabalho. Elas são seguros, duráveis e altamente eficientes", diz Rildo Braz, Diretor de Projetos da Timbraz. A empresa é cliente da Husqvarna desde 2010 e possui mais de 20 cortadoras de piso FS 400 da Husqvarna em sua frota.
Os contratantes seguiram o conselho Timbraz e cortaram as lajes com Husqvarna FS 400 removendo-as com disjuntores. Posteriormente, uma nova laje de concreto de 10 centímetros foi construída sobre o piso. Além das cortadoras de pisos, a Timbraz também possui as cortadoras TS 350 e regularmente compra os Discos Diamantados da Husqvarna."Estou impressionado com a eficiência dos produtos Husqvarna. Eu também estou impressionado com o empenho da equipe Husqvarna aqui no Rio de Janeiro. A comunicação é excelente e eles estão sempre lá para nos ajudar. Sinto-me seguro, e isso é o que há de mais importante para mim como um cliente."
E não são apenas as cortadoras de piso Husqvarna que estão sendo usados na obra do estádio do Maracanã. A cortadora de discos elétrica K 3600 corta o telhado da arena; a coroa do motor DM 280 é utilizada para perfurar os números dos assentos originais que serão utilizados como souvenirs do antigo estádio, e cerca de 1.000 metros de fio diamantado foram utilizados para cortar as arquibancadas.
Então, é tempo de trabalho para a Husqvarna no Brasil. A empresa está no mercado desde 2008 e tem tido um crescimento explosivo."Tivemos três anos fantásticos", diz André Menezes, Gerente de Negócios da Husqvarna. “As vendas estão crescendo a dois dígitos. Somos os líderes de mercado de cortadoras de piso. Nossas ferramentas diamantadas estão indo muito bem, também. Esperamos continuar o crescimento positivo, tanto aumentando nossa participação de mercado como aproveitando os grandes investimentos em infraestrutura nos próximos anos." O novo estádio do Maracanã abre suas portas em Fevereiro do próximo ano. O primeiro teste da nova arena será a Copa das Confederações da FIFA, que será realizada em Junho de 2013.

Notícias relacionadas